Diferença entre pose – postura – posição

 

 

Posição – pressupõe uma ação que virá logo a seguir de sua execução.

Ex: estamos numa posição quando estamos preparados para uma ação: posição de largada, posição de ataque, posição de defesa, posição de recepção.

Estamos preparados esperando que algo aconteça.

Se você estiver num asana, imaginando que vai sentir isso ou aquilo, não está numa postura, está numa posição. Se você estiver sentado para uma prática meditativa e esperar que algo sobrenatural aconteça, estará perdendo seu tempo, por que essa expectativa já é um atrapalhador para aquietar sua mente.

 

Pose – pressupõe uma demonstração corporal de algo que gostaria que os outros interpretassem. Estou dependendo da apreciação do outro para obter sucesso. Nos dicionários, a palavra pose passa pelos conceitos de “artificialidade, fingimento, simulação”.

 

Postura – é a atitude que tomamos para realizar uma ação com o menor esforço possível. A ação da  postura (asana) está simplesmente na sua execução, não estamos esperando acontecer nada nem queremos impressionar ninguém. Treinamos estabilidade com o relaxamento do esforço.

Estabilidade é imobilidade que é sinônimo de inatividade.

A atividade que está por trás da imobilidade é o que chamamos de yoga. É a ação que nos deixa na inação.

 

Taimni compara asana a um peão (brinquedo) Assim como há uma dinâmica que mantém a estabilidade do peão, há uma coordenação de impulsos neuromusculares muito aprimorada para nos manter na imobilidade.

 

Com o tempo, o praticante diminui cada vez mais o esforço no asana, e é por isso que consegue aumentar o tempo de permanência.

Treinar um asana não significa mantê-lo, mas sim senti-lo. Treinamos a consciência da imobilidade, portanto, não basta não se mexer, temos de sentir que não nos mexemos, mais do que isso, é não sequer ter a intenção de se mexer.

 

A diferença entre pose, postura ou posição é apenas interna, só você sabe o que está praticando.


Resumo extraído do texto Marcos Rojo – Prana Yoga out-2008