Benefícios e Aplicação da Yoga

 

 

 

Yoga no esporte:

Desenvolve capacidade de concentração, superação de deficiências e melhora na forma física.

 

 

Yoga no gerenciamento do estresse

Alonga e relaxa os músculos, conduzindo progressivamente a estados cada vez mais sutis e completos de relaxamento, reduzindo ansiedade, combatendo doenças psicossomáticas no extravasamento de emoções reprimidas. Permite permanecer calmo e alerta apesar do que nos rodeia.

 

 

Yoga na Terceira Idade

Os alongamentos não são vigorosos ou cansativos e podem ser exercitados com conforto, além disso, proporcionam tônus adequado dos músculos, e como resultado, os órgãos vitais funcionam bem. A prática da meditação reduz o sentimento de solidão e traz paz para a mente. Dirigindo a atenção a diferentes partes do corpo durante a meditação, ajuda a aumentar o fluxo sanguineo e transmite energia a essas partes.

Envelhecer é um processo natural, mas pode tornar-se mais ameno. A yoga pode não só acrescentar alguns anos de vida, como também acrescentar vida aos anos.

 

Yoga para Deficientes

Os deficientes têm tanta necessidade de harmonia e integração quanto os não deficientes. A prática não exige nenhum equipamento e pode ser feita todos os dias. O efeito da respiração yóguica proporciona consciência de tranqüilidade e serenidade. A sincronização da respiração e da postura adaptada às necessidades dos deficientes acrescenta muito ao valor de cada postura. Deve-se sempre enfatizar dois pontos: verificar a capacidade do individuo e a melhor forma para que a pessoa possa praticar. Pode ser praticada no chão, com a pessoa deitada sobre a cama, sobre uma cadeira ou cadeira de rodas.

É um método de vida, uma filosofia que se aplica tão bem a um deficiente quanto a qualquer outra pessoa.

 

 

Yoga como Cura dos Vicios

Através da prática da yoga, a pessoa torna-se mais relaxada, pensa positivamente e leva a vida mais filosoficamente. A melhora da saúde e da auto realização torna o individuo capaz de enfrentar o estresse e as pressões; consequentemente não precisará de drogas, álcool, fumo ou outras medidas para acalmar os nervos. É um modo de vida que pode fazer a pessoa redescobrir o entusiasmo de viver.

 

Yoga e Problemas Sociais

A sociedade é o reflexo dos indivíduos que a compõem. Dessa forma os problemas individuais se refletem na sociedade e a cadeia de problemas é sem fim. A visão dos problemas é mais importante do que o problema em si. Todos os problemas têm raízes no distúrbio emocional e cada problema, por sua vez, cria distúrbio emocional. A yoga é a chave para lidar com distúrbio emocional através de práticas psicofísicas. Essas técnicas provocam mudanças de atitude em uma pessoa e estas são determinantes em seu comportamento. A yoga ajuda o individuo a desenvolver coragem e convicção sobre os valores da vida, reduzindo vícios, desequilíbrios emocionais violentos, motivação negativa; e desenvolve melhoria da eficiência e motivação no trabalho, motivação positiva, melhora relações inter-pessoais, no conceito de si próprio e avaliação adequada dos outros, controla a prevenção dos distúrbios psicossomáticos promovendo a paz da mente.

 

Yoga na Educação

A educação pelo yoga tem um significado especial para ser humano atual. Os valores básicos parecem estar desaparecendo e talvez esta seja uma área em que a yoga tem um papel particularmente importante a desempenhar, que é o treinamento de atitudes. Os valores do yoga se baseiam em sua capacidade de ensinar autocontrole às pessoas. Um grande número de pessoas sai dos sistemas educacionais com pouco controle sobre os instintos básicos.

O que agrada à razão nem sempre agrada inicialmente os sentimentos de uma pessoa, mas o raciocínio ainda pode reeducar a mente através de esforço persistente. Essa habilidade de controlar os instintos é utilizada na yoga. A yoga considera o homem como um todo, enquanto a educação geral tem diferentes abordagens, que são mais fragmentárias. O verdadeiro valor da educação não se baseia em teoria, mas na prática. John Ruksin, escritor e filosofo inglês, disse: “Educação não significa ensinar às pessoas o que elas não sabem. Significa ensiná-las a se comportar como não se comportam”. A ênfase da educação devia ser o comportamento, isto é, aprender como agir e como pensar.

J.Krishnamurti, disse: “Educação significa provocar mudanças na mente, não na dos outros, mas na própria”. Essa é exatamente a posição da yoga; treinamento yóguico começa com cada um. Todas as práticas da yoga são individuais. Se você se modificar, os outros se beneficiarão. A felicidade está em aprender a se controlar.

 

Saiba mais – Bibliografia recomendada:

Estudos sobre Yoga – vários autores – Cepeusp

Yoga Aplicada – Manohar Laxman Gharote – Phorte Editora

Técnicas de Yoga – Dr.M.L.Gharote – Phorte Editora

Asanas – Swami Kuvalayananda – Phorte Editora

A ciência do Yoga – I.K.Taimni – Editora Teosófica

Fundamento e Técnica do Hatha Yoga – Antonio Blay – Edições Loyola

Curso Básico de Yoga – Gerson D’Addio da Silva

A Ioga do Mestre e do Aprendiz – Shotaro Shimada – Phorte Editora

Revista Prana Yoga Journal

Cadernos de Yoga – www.cardernosdeyoga.com.br